Andav compõe coalizão multissetorial da cadeia de abastecimento para analisar avanços em torno da agenda ESG

24/06/2022 -

O 2º Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento contou com a presença do Presidente Jair Bolsonaro, ministro Paulo Guedes, ministro Ronaldo Vieira Bento e lideranças setoriais

A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) realizou na última quinta-feira (09/06) a 2ª edição do Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento ESG (sigla para governança ambiental, social e corporativa). Em junho de 2021, a entidade varejista inovou, apresentando a primeira versão do evento que contou com a participação de 14 entidades setoriais, representantes dos principais elos que integram a cadeia de abastecimento no Brasil, e que elegeram propostas para cinco grandes desafios que foram trabalhadas ao longo de um ano.

Durante a abertura do evento, o presidente da ABRAS, João Galassi, relembrou que cinco metas foram eleitas como prioritárias pela coalizão multissetorial formada pelas entidades. Foram elas: 1) redução de custos por meio da reforma tributária; 2) redução de desperdício através da adoção do “Best Before”; 3) consumo consciente por meio da economia circular; 4) combate à fome conectando o mapa de desperdício com o mapa da fome e 5) conhecimento sobre o ESG atrelado à disseminação de informação, treinamento e capacitação. “Todas as nossas metas têm profunda conexão com a agenda 2030, que estabelece os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, complementou o presidente da entidade.

O trabalho desenvolvido por cada um dos cinco grupos foi apresentado em sessões específicas, que contou com a participação de experientes painelistas de todos os setores, o que proporcionou uma discussão multilateral e colaborativa.

O presidente Jair Bolsonaro participou do evento direto dos Estados Unidos, onde cumpria agenda. Ele comentou sobre a pandemia da covid-19, os combustíveis, reformas, os preços dos alimentos, e demais. Simultaneamente, Paulo Guedes, Ministro da Economia, também participou do Fórum de modo remoto.

O presidente executivo da Andav, Paulo Tiburcio, compôs o quadro de lideranças que debateram os painéis propostos pelo Fórum, entre seus destaques, ele reforçou a importância da desoneração do setor produtivo, citando o Convênio ICMS 26/21, oriundo do Convênio 100/97, que foi prorrogado até 31 de dezembro de 2025, que altera a carga tributária do ICMS nos insumos agropecuários. 

O diretor conselheiro da Andav, Alberto Yoshida, compôs o painel “Conhecimento sobre o ESG”, que debateu a disseminação de informações, treinamento e capacitação nas premissas desta abordagem. O diretor da Andav sugeriu que seja estabelecida uma conexão entre as entidades, com o objetivo de reforçar a amplificar as boas práticas junto ao consumidor final, através da rede de comunicação ofertada pelos supermercados, para retratar a realidade do campo.

 A íntegra do evento também está disponível no canal da ABRAS no Youtube.

Com informações da Redação SuperHiper