18º Agrimark: Time de especialistas abordam os impactos das transformações digitais e ambientais no agronegócio brasileiro

Mesmo na pandemia o desempenho do agronegócio no Brasil em 2020 confirmou a força do setor. A participação no Produto Interno Bruto (PIB) nacional subiu para 26,6%, com uma expansão recorde conforme levantamento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Tanto a cadeia produtiva da agricultura quanto da pecuária avançaram 24,2% e 24,56%, respectivamente, impulsionadas por uma alta de preços e safras recordes. 

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP), soma de todas as riquezas do setor, alcançou R$ 871,3 bilhões no ano passado, tornando-se o maior da série histórica dos últimos 32 anos. Em 2021 deve crescer ainda mais e ultrapassar R$ 1 trilhão. Também foi um dos setores que mais empregou na crise econômica, responsável por gerar mais de 60 mil postos de trabalho.

O agronegócio está cada vez mais digital, com aporte de novas tecnologias que ajudam a alcançar os números positivos e alia, a isso, a preservação ambiental. Técnicas como plantio direto, irrigação, produtos biológicos, sistemas integrados de produção elevam ganhos na produtividade, sem abrir novas áreas. Enquanto países como Espanha e França usam de 20 a 30% de seu território para a agricultura, o Brasil usa menos de 10%, segundo dados da Embrapa.

Esses temas estarão em debate no 18º AGRIMARK BRASIL AGRO VIRTUAL, um dos mais importantes eventos do agronegócio nacional. Esta edição vai reunir especialistas de renome internacional para discutir “Os impactos das transformações digitais e ambientais sobre o novo agro brasileiro”. Em formato digital, ocorre no dia 6 de julho de 2021, das 19h às 21h30. 

A edição deste ano irá mostrar esta evolução, a transformação digital e a adoção de soluções tecnológicas nas cadeias produtivas, com foco em potencializar a rentabilidade. A abertura oficial contará com a participação da Diretora de Inovação do Ministério da Agricultura, Sibelle de Andrade Silva. 

Para ela “o novo paradigma do agronegócio no mundo, sem dúvida, será suportado pelo digital, acelerado pelo advento da pandemia do covid-19. No nosso agro, 85% dos pequenos e médios produtores já estão usando algum tipo de tecnologia digital para gerenciamento de suas propriedades. E mais, 94% dos produtores rurais têm celulares e, desses, 68% possuem smartphones. Nosso produtor rural demanda tecnologia e está apto para continuar inovando com agricultura digital. E eventos como esse aceleram a difusão de conhecimento e tecnologias para o setor e para toda a sociedade”, salienta.

Serão dois painéis. O primeiro tem como convidado Ronaldo Giorgi, Diretor de Business Development da Syngenta que vai tratar do tema “Empresas e suas estratégias digitais”. Na sequência irão abordar as “Startups, aceleradoras de inovação” o CEO da Ag Tech Garage, José Tomé e o Diretor de Estratégia da Startup Santos Lab, Bruno Teixeira. A mediação fica por conta do Diretor de Inovação da John Deere, Rodrigo Bonato.

O segundo painel também está dividido em dois temas. O primeiro tratará das “Relações Internacionais: a importância da diplomacia brasileira na expansão das exportações do agronegócio” e tem como convidado o professor da USP e FGV, Prof. Dr. Marcos Fava Neves. “O Brasil vem se consolidando como o principal fornecedor mundial sustentável de alimentos, bioenergia e outros agroprodutos e isso vai representar muitas oportunidades nos próximos anos para a geração de negócios, trabalho e desenvolvimento sustentável”, reforça Fava Neves. 

O segundo tema será a “A preservação ambiental e o desenvolvimento do agro” e tem como convidado o professor da FGV/AGRO e escritor, Prof. Dr. Xico Graziano. A mediação é do Chefe Geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda. “Discutir Preservação ambiental significa debater nossa própria existência, nossa agricultura sustentável do futuro”, atenta Graziano.

Miranda destaca a importância de discutir este assunto. “O produtor rural, na média, só usa metade do seu imóvel. A outra, ele dedica à vegetação nativa. A área preservada pelo mundo rural é maior do que a superfície nacional de 95% dos países do mundo. Na parte explorada, são utilizadas tecnologias sustentáveis, conservadoras de solo, água e biodiversidade. Por isso, somos uma potência agroambiental”.

O 18º AGRIMARK BRASIL AGRO VIRTUAL é promovido pelo Instituto de Educação no Agronegócio (I-UMA) e pelo PORTAL AGROLINK, uma das principais plataformas de conteúdo agro do país. O evento conta com o patrocínio da Syngenta, John Deere, Banco do Brasil, com o apoio da ABMR&A, ABRALEITE,AGKEAD, Canal Doutor Agro, Editora Gazeta, Peixe BR, SINDAG, SAFRAS & MERCADO, AGROMULHER e é voltado para líderes e formadores de opinião ligados ao agro nacional, produtores rurais, entidades setoriais, autoridades, pesquisadores, acadêmicos e profissionais do setor. Nesta edição iremos reunir também empresas que estão desenvolvendo projetos digitais, aceleradoras, especialistas em tecnologia, startups entre outros públicos ligados a este setor. As inscrições podem ser feitas de forma antecipada. O evento será transmitido pela plataforma digital via Youtube. 

Serviço:

18º AGRIMARK BRASIL AGRO VIRTUAL

DATA: 06 de Julho 2021

PLATAFORMA DIGITAL – HORÁRIO: Das 19h00 às 21h30. (horário de Brasília)

CREDENCIAMENTO: 17h30 às 18h30


Veja a programação:

TEMÁRIO CENTRAL:
 
OS IMPACTOS DAS TRANSFORMAÇÕES DIGITAIS E AMBIENTAIS
SOBRE O NOVO AGRO BRASILEIRO

ABERTURA OFICIAL:

Sibelle de Andrade Silva
Diretora de Inovação do Ministério da Agricultura

PAINEL I

Tema 1: EMPRESAS E SUAS ESTRATÉGIAS DIGITAIS
Convidado:

Ronaldo Giorgi
 Diretor de Business Development da Syngenta

Tema 2: STARTUPS – ACELERADORAS DA INOVAÇÃO
Convidados:

José Tomé
CEO da Ag Tech Garage

Bruno Teixeira
Diretor de Estratégia da Startup Santos Lab

Mediador:
Rodrigo Bonato
Diretor de Inovação da John Deere

PAINEL II

Tema 1: RELAÇÕES INTERNACIONAIS: A IMPORTÂNCIA DA DIPLOMACIA BRASILEIRA NA EXPANSÃO DAS EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO

Convidado:
Prof. Dr. Marcos Fava Neves
Professor da USP e FGV

Tema 2: A PRESERVAÇÃO AMBIENTAL E O DESENVOLVIMENTO DO AGRO BRASILEIRO

Convidado:
Prof. Dr. Xico Graziano
Professor da FGV/AGRO, Escritor.

Mediador:
Evaristo de Miranda
Chefe Geral da Embrapa Territorial

 

Para participar acesse https://www.agrolink.com.br/agrimark e faça sua inscrição. 

Veja outras notícias relacionadas

Enem (6)
22/01/2024
Novo Conselho Diretor da Andav assume gestão da entidade pelos próximos dois anos
17e7af25-30cc-40b3-8916-9b0b4bb95117
08/01/2024
Lei dos Defensivos Agrícolas é sancionada
Design sem nome (21)
07/12/2023
Confaz aprova novo convênio sobre transferência de créditos de ICMS em operações entre estabelecimentos do mesmo titular

Veja outras notícias relacionadas

banner_
01/02/2024
Nota Andav: Produtor Rural, atenção à oferta de Recuperação Judicial
Enem (6)
22/01/2024
Novo Conselho Diretor da Andav assume gestão da entidade pelos próximos dois anos
17e7af25-30cc-40b3-8916-9b0b4bb95117
08/01/2024
Lei dos Defensivos Agrícolas é sancionada
Design sem nome (21)
07/12/2023
Confaz aprova novo convênio sobre transferência de créditos de ICMS em operações entre estabelecimentos do mesmo titular
Design sem nome (20)
05/12/2023
Andav acompanha Conferência Americana sobre Distribuição de Insumos
Design sem nome (19)
01/12/2023
Aprovado o Projeto de Lei 1459, que dispõe sobre o marco legal dos defensivos agrícolas
Design sem nome (22)
10/11/2023
Senado aprova e envia reforma tributária de volta à Câmara
Enem
07/11/2023
Nota de Posicionamento da Andav: Enem 2023