Novo prazo para entrega de mapa de rotas no DNIT

6 de abril de 2020

De acordo com a nova Instrução Normativa nº 9 de 25 de março de 2020 da ANTT, todo expedidor de produtos perigosos deve cadastrar informações de rotas dos fluxos de transporte utilizadas em 2019, emitas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio do Sistema de Transporte Rodoviário de Produtos Perigosos (STRPP). Até a data de 30 de junho de 2020 será permitida a inserção das rotas na forma atual de cadastramento ou com arquivo vetorizado shapefile ou kmz. Após esse período, somente será permito o envio com o arquivo vetorizado. Cada arquivo de shapefile não poderá ultrapassar 20 megabytes, caso isso ocorra o arquivo deverá ser particionado em tamanhos menores, mas contendo os mesmos atributos do arquivo .dbf. O IPR / DNIT emite um certificado comprobatório do registro de rotas. A emissão desse certificado não é automática, a empresa deve solicitá-lo mediante um e-mail, a ser enviado para o endereço: ipr.pp@dnit.gov.br, após o término do registro das rotas. Vale lembrar, que o sistema novo ainda está em fase teste, dessa forma, as empresas que desejarem, até 30 de junho de 2020, cadastrar as informações no sistema antigo deverão acessar o link: http://servicos.dnit.gov.br/cargasperigosas . O cadastro deverá ser realizado conforme o Roteiro para Cadastro de Usuário, Empresas e Rotas por meio do link: “ROTEIRO PARA CADASTRO DE USUÁRIO, EMPRESA E ROTA – PASSO A PASSO”.